Desenvolvimento do Interior exige “medidas radicais”


O Movimento pelo Interior, que tem como proponentes Álvaro Amaro, presidente da Câmara Municipal da Guarda e presidente dos Autarcas Social Democratas, Rui Santos, presidente da Câmara Municipal de Vila Real e presidente dos Autarcas Socialistas, António Fontaínhas Fernandes, reitor da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro e presidente do Conselho de Reitores das Universidades Portuguesas, Nuno Mangas, presidente do Instituto Politécnico de Leiria e presidente do Conselho Coordenador dos Institutos Politécnicos de Portugal, Fernando Nunes, empresário e presidente do Grupo Visabeira, Rui Nabeiro, empresário e fundador do Grupo Delta, e José Silva Peneda, ex-presidente do Conselho Económico e Social, realizou ontem em Viseu a primeira reunião de trabalho com os coordenadores nacionais dos três eixos prioritários do movimento.

Fonte: DIARIOCOIMBRA.PT